Vias Ferradas

VIAS FERRATAS

As vias ferratas tornam grandes paredes acessíveis a todos!
São consideradas uma forma menor de escalada para os escaladores.
Desde há alguns anos para cá, temos feito algumas vias ferratas, em família e com amigos e, na verdade… são itinerários bonitos, divertidos, vertiginosos, surpreendentes e, melhor ainda, acessíveis a todos!

Mas não estão livres de riscos!
Numa grande ferrata em Benasque, fomos atingidos por uma pedra e tivemos que evacuar um elemento!

Recomenda-se:

  • uso de capacete e longes duplas (dissipador)
  • kit de primeiros socorros e frontal,
  • corda acessória e material de resgate,
  • água e comida
  • e uma boa avaliação dos horários e capacidades do grupo.
Penhas Juntas – Bierge – Guara

Esta via, na entrada de Guara, a caminho de Rodellar, caracteriza-se por uma série de pontes sobre a água. Os seus criadores, conseguiram fazer um itinerário extenso e engraçado, numa pequenas falésias nas margens dum barranco. Não é uma via extraordinária, mas pode bem preencher um final de dia, depois duma descida do Pionera!
Poderá ter uns 150m de extensão, uns 80m de altura e uma duração total de atividade de 1.30h. A aproximação é mediana e a descer e o regresso é curto com ligeira subida.

Espolon de la Virgem – Rodellar

Em Rodellar, descendo ao Barrando de Mascun e passando pelos principais setores de escalada,  logo depois do “el fuente” e do sector “Surgências”, à nossa direita poderemos encontrar esta via ferrata. É necessário um olhar atento para a encontrar!

Depois de a encontrar, o percurso é surpreendente! Segue uma linha lógica por um esporão, com passagens bastante aéreas, onde se espreitam por cima de subprumos, com cerca de 80m até ao chão e uma vistas extraordinárias sobre os 2 lados do vale!!!

A via tem uma extensão de 250m, poderá demorar um pouco mais de 1h só na subida. O regresso é a caminhar passando pelos sectores da Ermita e passando pelo El caminho, até chegar de novo à aldeia. Poderemos contar com 30 a 45 minutos de regresso. Tem nota muito, muito positiva e recomenda-se!

Ferrata de Sorrosol – Broto – Ordesa

Próximo da entrada do Parque Natural de Ordesa e Monte Perdido por Torla, em Broto, encontramos por mero acaso, esta via ferrata, sinalizada a partir da estrada principal. Fomos experimentá-la ao final da tarde de um dia, (supostamente) calmo. A surpresa foi enorme!!! A via tem elementos diferentes de todas as anteriores, com vários lances de escadas, pontes e um túnel. Esta via decorre ao lado do Barranco de Sorrosol, sobre cascatas e lagoas, como se estivéssemos a fazer um canyoning ao contrário.

Apesar de estar bem sinalizada e com um croqui muito claro, acabamos por ser surpreendidos pela extensão da mesma. Tem cerca de 600m de curso que podem demorar quase 2h.

O frontal faz falta para o túnel. Nota muito posiva, talvez a mais surpreendente e completa de todas!

Outras haverão para fazer nos Pirinéus, Picos da Europa, Alpes…

Tondela a Trepar

Anúncios
Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: